Geral

Relato de Castelo do Piauí no combate ao coronavírus é selecionado em prêmio da OPAS

O município de Castelo do Piauí adotou uma série de medidas no enfrentamento ao coronavírus e uma delas foi isolar castelenses vindos de São Paulo, um dos epicentros da Covid no país.

A estratégia foi relatada e submetida a um concurso promovido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), um organismo internacional de saúde pública com um século de experiência, dedicado a melhorar as condições de saúde dos países das Américas.

O prêmio denominado APS Forte tem como objetivo identificar, dar visibilidade, reconhecer e promover iniciativas locais, municipais ou regionais que tenham como foco a melhoria da Atenção Primária em Saúde.

Nesse concurso o relato de Castelo do Piauí foi um dos poucos selecionados para avançar para a segunda fase. O título do relato é Castelo do Piauí no combate a COVID-19: isolamento social e quarentena como estratégia de enfrentamento, de autoria do enfermeiro Enos Vieira de Oliveira, com os coautores Leila de Almeida Soares (Secretária Municipal de Saúde), Yago José Alves Soares e Hurdenia Alves de Araújo está apto para concorrer ao prêmio.

No trabalho proposto para avaliação, é relatado a ação da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde, que consiste em isolar as pessoas que chegam do estado de São Paulo. Essas pessoas permanecem por 7 dias em uma escola de tempo integral da rede estadual e recebem toda a assistência. Em caso de apresentar sintomas são encaminhadas para uma casa onde permanecem sobre acompanhamento. Essa ação foi de grande importância para evitar a propagação descontrolada do novo coronavírus no município.

Para acessar os detalhes do relato basta acessar o link. Além de Castelo do Piauí, relatos de Juazeiro do Piauí, José de Freitas, Pio IX e Teresina também foram selecionados.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!