Geral Turismo

Secretário Anderson Lima participa de evento com secretário estadual de turismo do Ceará

Aconteceu na manhã da última sexta-feira (08), no Auditório Prof. Wilson Brandão, no Núcleo de Práticas Jurídicas do Campus da UFPI em Teresina, uma reunião onde o secretário estadual de turismo do Ceará, Arialdo de Mello Pinho apresentou um pouco do trabalho realizado no estado e que resultou num crescimento vertiginoso da indústria do turismo. O evento foi uma realização da Rede Pense Piauí, através da iniciativa de um de seus líderes, o Desembargador Federal, Carlos Augusto Pires Brandão.

Da esquerda para direita: Chaguinha Monte, Anderson Lima, Arialdo de Mello e Joelson Vieira.

A palestra proferida pelo secretário de turismo do vizinho estado do Ceará, intitulada “Arranjos Produtivos no Turismo” traduziu um relato de fatos e repercussões das políticas públicas e resultados de parcerias e articulações empresariais. “Gerenciar Turismo é reconhecer que não basta ter um lugar bonito para atrair turistas e automaticamente gerar negócios lucrativos. O que define o sucesso de um destino turístico é um conjunto de providências, investimentos e parcerias, tanto locais quanto internacionais, incluindo o atendimento, o respeito ao mercado, orientações de pesquisas, a novidade, a logística… é o pensar Turismo com estratégias para 20 anos adiante e definir muito bem, com responsabilidades, como aplicar os recursos públicos tão escassos”, declarou.

O evento contou com a participação dos senadores Ciro Nogueira (Progressistas) e Elmano Férrer (Podemos), da deputada federal Iracema Portella (Progressistas), ex-deputado estadual Luciano Nunes Filho e o seu pai, o conselheiro do TCE, Luciano Nunes, além da Coordenadora Regional do ICMBio, Ana Célia Coelho, desembargadores, pesquisadores, escritores, empresários, ambientalistas, representantes das câmaras setoriais do Turismo do Governo do Estado, técnicos da Prefeitura de Teresina, Secretários Municipais de Oeiras, Castelo do Piauí, jornalistas, assessores de imprensa.

A cidade de Castelo do Piauí esteve representada pelo secretário municipal de turismo, Anderson Lima, além de Joelson Vieira e Chaguinha Monte, representando as secretarias de meio ambiente e educação, respectivamente.

o Secretário Municipal de Turismo de Castelo do Piauí, Anderson Lima, declarou reconhecer no seu município o Portal do Canyon do Poti e, com isso, todas as responsabilidades de gestão. “Temos que pensar e praticar o Turismo no Canyon do Poti de modo integrado, desde o receptivo aos passeios”, reconheceu. Esse encontro promovido pela Rede Pense Piauí nos confirmou: para o Turismo gerar negócios e empregos, tem que ser profissionalizado de ponta a ponta.

O Turismo, como promotor de desenvolvimento e gerador de riquezas, está na pauta da Rede Pense Piauí. O Desembargador Federal, Carlos Augusto Pires Brandão, declarou: “quem quiser que nos acompanhe”. E prosseguiu: Turismo não é festa, é negócio, como diz o Secretário Arialdo Pinho. Vamos, a partir de agora, tracionar a Câmara Setorial do Turismo, chamar a atenção para a importância da elaboração de um Plano de Desenvolvimento de forma integrada com os demais setores públicos. Cremos na sensibilidade do Governador Wellington Dias para a importância imediata de termos um Plano de Ação para o Turismo, visando o desenvolvimento do Estado.

O Senador Elmano Férrer lembrou que o Banco Interamericano de Desenvolvimento, há mais de 20 anos, alocou recursos para o Desenvolvimento do Turismo no Nordeste, através do PRODETUR. Muitas das obras de infraestrutura não aconteceram no Piauí por incapacidade técnica do Estado captar recursos e encaminhar destinação. Isso não pode se repetir. Atrações turísticas, nós temos. Precisamos é atrair e manter turistas aqui. Através do Pense Piauí, estamos trazendo esse tema em pauta social, buscando sensibilizar a todos.

A Deputada Federal Iracema Portella disse estar otimista com as mobilizações sociais que o Pense Piauí tem feito: o foco no Turismo representa mais trabalho, mais oportunidades para o desenvolvimento de uma indústria de baixo impacto ambiental e que agrega, com investimentos em treinamento e qualificação, a possibilidade de muita gente nossa tornar-se empreendedor. Temos que agir abrindo oportunidades de negócios com boa gestão e profissionalismo. Turismo no Piauí é um pacote de incríveis atrações criadas pela própria Natureza, afirmou citando o Canyon do rio Poty, entre tantas que temos.

Samuel Nascimento, coordenador do Núcleo de Pesquisas da Justiça da UFPI, um dos organizadores do evento, também representando o reitor Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes, disse que a realização do encontro no cenário da Universidade Federal tem o propósito de abrigar as ideias e depois depurá-las em ações práticas, convertendo as sugestões e análises em procedimentos de gestão e desenvolvimento, para tudo não ficar apenas no plano das conversas.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!